Perfil do Bacharel

Perfil do Bacharel

O Bacharel em Ciência da Computação é o profissional capacitado a solucionar problemas do mundo real, por meio da construção de modelos computacionais e de sua implementação. Deve ter:

  • conhecimento e domínio do processo de projeto de sistemas computacionais complexos para solucionar, com base científica, problemas de diversas áreas de conhecimento, tanto para liderar o processo do projeto quanto para participar em seu desenvolvimento;
  • capacidade para aplicar seus conhecimentos de forma independente e inovadora, acompanhando a evolução de setor e contribuindo na busca de soluções nas diferentes áreas de aplicação da computação;
  • formação humanística, permitindo a compreensão das implicações/repercussões do seu trabalho no mundo e na sociedade.

Competências e Habilidades do Egresso

Ao concluir o Curso, espera-se que o egresso saiba como resolver problemas - uma vez que isto é considerado mais importante do que acumular informações. Mais importante ainda, observando que a área da Computação e Informática muda tão freqüentemente, espera-se que o egresso esteja preparado para lidar com mudanças e enfrentar desafios. É importante ressaltar que o Curso não somente enfatiza o estudo de tecnologias de momento. Ele enfatiza, principalmente, uma sólida formação básica. Afinal, é isso o que o egresso do Curso tem que ser capaz de fazer: lidar bem com tecnologias e suas constantes mudanças, explorando a criatividade e o raciocínio crítico no desem-penho de suas atividades profissionais dentro da sociedade.

O Curso, sintonizado com o perfil almejado para seu egresso, permite que este possa, entre outras competências:

  • modelar sistemas do mundo real buscando soluções sistematizadas através dos recursos disponíveis da área da Computação e Informática;
  • projetar e desenvolver sistemas computacionais (incluindo software básico, de comunicação ou aplicativo, redes de computadores);
  • gerenciar projetos de desenvolvimento de sistemas computacionais em geral;
  • prestar consultoria na concepção, no desenvolvimento e no suporte de sistemas computacionais.

O egresso deve estar habilitado a:

  • utilizar os diversos métodos, técnicas e ferramentas para a modelagem de sistemas do mundo real;
  • utilizar os diversos métodos, técnicas e ferramentas para a construção e avaliação de sistemas computacionais;
  • utilizar técnicas de gerência de desenvolvimento de sistemas computacionais;
  • continuar na carreira acadêmica ingressando em cursos de pós-graduação podendo desenvolver atividades de treinamento, ensino e pesquisa na área de Computação e Informática.

Campo de Atuação do Egresso

O egresso do Curso de Ciência da Computação está habilitado, tipicamente, para uma das seguintes opções:

  • atuar como um profissional que planeje, construa, teste, gerencie ou opere sistemas relativamente complexos de software para suportar (ou tornar mais eficientes) tarefas críticas para o funcionamento de empresas e instituições;
  • prosseguir na carreira acadêmica, como professor ou pesquisador da área de Computação e Informática; ou,

Se a opção escolhida for a primeira, a atuação do egresso do Curso no desenvolvimento tecnológico da área acontecerá tipicamente em empresas provedoras de produtos e serviços de software nacionais e/ou em grandes corporações usuárias da Computação e da Informática. O egresso do Curso poderá direcionar sua formação acadêmica para áreas de interesse realizando cursos de pós-graduação lato sensu (cursos de especialização) em Computação e Informática.

Muitos dos egressos do Curso de Ciência da Computação têm atuado junto aos fabricantes de hardware, software-houses, empresas de telecomunicações e grandes usuários de Informática, nas mais diversas regiões do Brasil.

Se a opção escolhida for a segunda, e para que o egresso do Curso possa efetivamente contribuir para o desenvolvimento científico da área, é fortemente recomendável que faça cursos de pós-graduação stricto sensu (cursos de mestrado e doutorado) que fornecerão a base teórica e prática para facilitar estudos e pesquisas em tópicos mais avançados no estado da arte da Computação e da Informática.

Independentemente da opção escolhida, o egresso do Curso de Ciência da Computação também deve ter a percepção da responsabilidade de sua atuação profissional como elemento participativo e transformador da sociedade em que está inserido.